Cancro do pulmão

diagnóstico e tratamento do cancro do pulmão

O tratamento do cancro do pulmão depende do estádio da doença.

Em estádios precoces, quando o tumor ainda não se propagou aos gânglios linfáticos nem produziu metástase em outros órgãos, o tratamento é a extracção cirúrgica do lobo pulmonar onde o tumor se desenvolve.

O prognóstico é muito bom em estádios precoces, quando é possível extrair todo o tumor e não existe invasão do gânglio. Nestes casos, é possível conseguir uma cura até em um 90% dos pacientes.

Se o tumor se propaga, o tratamento varia conforme o grau de propagação. Em alguns casos, aplica-se quimioterapia e radioterapia para depois extrair o tumor mediante cirurgia.

No cancro de pulmão é fundamental um plano terapêutico multidisciplinar que misture cirurgia, radioterapia e quimioterapia em atenção às necessidades de cada doente. A Clínica conta com um área especificamente dedicada ao tratamento e à investigação do cancro do pulmão.

Assim, uma equipa de pneumologistas, radioterapistas, patologistas, radiologistas, especialistas em medicina nuclear e oncologistas trabalham de forma coordenada para oferecer a solução mais ágil e mais adequada para cada paciente. 

Prevenção do cancro do pulmão

Fazemos tratamentos personalizados com novos fármacos, mais eficazes, com base na descoberta de biologia molecular".

A Clínica desenvolveu um Programa de Detecção Precoce de Cancro do Pulmão, sendo que a localização do tumor em estádios inicias é chave para a cura da doença.

Já foi demonstrado que, ao fazer um TAC (scâner) de tórax de baixa dose de radiação anual, 85% dos cancros do pulmão serão diagnosticados em estádio I, o caso de melhor prognóstico. 90% deles são curados, pois a cirurgia de resecção é muito efetiva.

No entanto, nos pacientes que não participam de programas de detecção precoce, o cancro é diagnosticado em estádios mais avançados, sendo que o cancro do pulmão não produz sintomas nos estádios iniciais. Nestes casos mais avançados, a cirurgia é menos efetiva.

Programa

Além de uma entrevista médica, as provas realizadas são:

  • TAC (scâner) de tórax de baixa dose [ES] de radiação para procurar possíveis nódulos pulmonares. 40% dos fumadores e ex-fumadores que se fazem um TAC torácico têm nódulos pulmonares benignos. Às vezes, repete-se um TAC às 3 ou 6 semanas para estudar a sua evolução. Na maioria dos casos, os nódulos detectado não crescem entre um TAC e outro, confirmando assim o seu carácter benigno.
  • Provas de função respiratória. [ES]
  • Conforme os resultados das provas anteriores, pode ser necessária alguma ação adicional.

Diagnóstico mediante provas de imagem

Para diagnosticar um cancro do pulmão é necessário realizar algumas provas diagnósticas de imagem. Além disso, na maioria dos casos, é necessário fazer estudos endoscópicos para tomar uma amostra do tecido e analizá-la.

É fundamental trabalhar com um plano terapêutico multidisciplinar que combine cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

Para oferecer um ótimo serviço ao paciente, na Clínica Universidade de Navarra é prioritário trabalhar em equipas, o delineamento de protocolos conjuntos, a interação entre equipas médicas e a agilidade assistencial.

entre emContacto COM A CLÍNICA

Ou ligamos-lhe

* Horários de atenção consoante a hora de Espanha peninsular.

Obrigado. Entramos em contacto consigo o mais rápido possível.

O campo telefone é obrigatório.

Pedimos-lhe que verifique o número de telefone. O mesmo deverá ter entre 9 e 15 dígitos e começar por 6,8,9,71,72,73 ou 74. No caso dos números internacionais, por favor, introduza 00 seguido do prefixo internacional correspondente e o seu número de telefone (00-prefixo internacional 34-número de telefone 948 255 400)..

Espere um momento enquanto damos seguimento ao seu pedido.

Fechar Enviar

SOLICITE UMA SEGUNDA OPINIÃO NÃO PRESENCIAL 

Caso necessite a opinião médica dos nossos especialistas sem necessidade de deslocar-se à Clínica, oferecemos-lhe a possibilidade de realizar uma consulta de Segunda Opinião não presencial. 
Imagen con los pasos que hay que dar para solicitar una segunda opinión en la Clínica Universidad de Navarra

talvezlhe interesse

RAZÕES PARA VIR

Porque é que a Clínica é diferente em relação a outros centros sanitários?

Imagen de una niña pequeña con cáncer por los pasillos de la Clínica

ENSAIOS CLÍNICOS

Deseja participar nos nossos ensaios clínicos? Conheça quais os que estão ativos.
Imagen médico investigando con microscopio

SERVIÇOS INTERNACIONAIS

Saiba o que fazemos para os nossos pacientes internacionais.
Entrada principal a la Clínica Universidad de Navarra