PUBLICAÇÕES científicas

18F-FDG PET complementado com biópsia de nódulo sentinela linfa na detecção de envolvimento axilar no cancro da mama

Zornoza G, Garcia-Velloso MJ, Sola J, Regueira FM, Pina L, Beorlegui C.
Unidad de Patología Mamaria, Clínica Universitaria, Universidad de Navarra, Avd Pio XII 36, 31008 Pamplona, Spain.

Revisão:European Journal of Surgical Oncology

Data: 1/Fev/2004

Medicina Nuclear [ES] Anatomia Patológica [ES] Radiología [ES] Área do Cancro da Mama

PROPOSITO
A presença de acometimento axilar é o fator prognóstico mais importante no câncer de mama. Este estudo analisa o valor do 18F-FDG PET na detecção do status linfonodal.

MÉTODOS
Este estudo inclui 200 pacientes com câncer de mama. Os exames de PET foram obtidos após a injeção de 370 MBq de 18F-FDG; avaliaram-se as áreas mamárias, axilares, supraclaviculares e cadeias linfonodais mamárias internas. Em um subgrupo de 100 pacientes, a PET-FDG foi complementada com o estudo do linfonodo sentinela (SN) naqueles casos que não demonstraram captação linfonodal patológica. O valor padronizado de captação (SUV) foi relacionado às características tumorais de tamanho, tipo histológico, estado axilar e gradação histológica.

RESULTADOS
A sensibilidade e especificidade do PET-FDG na detecção do envolvimento axilar foi de 84,1 e 97,8%, respectivamente. Dezessete casos falso-negativos foram obtidos e associados a baixo SUV no tumor mamário. Em 15 casos, a PET-FDG revelou focos de captação patológicos que sugeriam envolvimento da cadeia mamária interna.

CONCLUSÕES
O PET-FDG evita o estudo SN de rotina nos casos que apresentam captação axilar, mas deve ser complementado pelo estudo do linfonodo sentinela nos casos sem captação patológica. A associação de PET-FDG e SN melhora a sensibilidade na detecção do envolvimento axilar. Sua sensibilidade e especificidade na análise do estado axilar podem ser estendidas para a avaliação da cadeia mamária interna.

CITAÇÃO DO ARTIGO  Eur J Surg Oncol. 2004 Feb;30(1):15-9

talvezlhe interesse

QUE TECNOLOGIA UTILIZAMOS? 

A Clínica é o hospital privado com maiores recursos tecnológicos de Espanha, tudo num único centro.

Imagen de un PET, tecnología de vanguardia en la Clínica Universidad de Navarra

OS NOSSOS
PROFISSIONAIS

Os profissionais da Clínica realizam um trabalho contínuo de investigação e formação, sempre em benefício do paciente.

Imagen profesionales de la Clínica Universidad de Navarra

RAZÕES PARA VIR
À CLÍNICA

Conheça porque é que somos diferentes em relação a outros centros sanitários. Qualidade, rapidez, comodidade e resultados.

Imagen del edificio de la Clínica Universidad de Navarra