PUBLICAÇÕES científicas

Risco de câncer de endométrio e hiperplasia endometrial com atipia em mulheres na pós-menopausa assintomáticas com espessura endometrial ≥ 11 mm: revisão sistemática e metanálise

Alcázar JL (1), Bonilla L (2), Marucco J (3), Padilla AI (4), Chacón E (1), Manzour N 1, Salas A (1).

(1) Department of Obstetrics and Gynecology, Clínica Universidad de Navarra, School of Medicine, University of Navarra, Pamplona, Spain.
(2) Department of Obstetrics and Gynecology, University Hospital Virgen de las Nieves, Granada, Spain.
(3) Centro de Diagnóstico TCBA, Buenos Aires, Argentina.
(4) Department of Obstetrics and Gynecology, Canaty Islands University Hospital, Tenerife, Spain.

Revisão:Journal Clinical of Ultrasound

Data: 16/Ago/2018

Control del embarazo y parto. Dar a luz. Clínica Universidad de Navarra [ES]

OBJETIVO:

Avaliar o risco de câncer endometrial e / ou hiperplasia endometrial com atipias em mulheres pós-menopausadas assintomáticas com espessura endometrial ≥ 11 mm.

MÉTODOS:

Revisão sistemática da literatura utilizando pesquisa de base de dados (PubMed e Web of Science) de artigos publicados entre janeiro de 1990 e dezembro de 2016 avaliando a correlação entre a espessura endometrial medida pela ultrassonografia transvaginal (dupla camada) e os achados histopatológicos em mulheres pós-menopausadas assintomáticas : "espessura do endométrio", "pós-menopausa", "pós-menopausa" e "assintomática". Os critérios de inclusão foram estudos prospectivos ou retrospectivos de mais de 150 casos que forneceram informações sobre a espessura endometrial e sua correlação com dados histopatológicos. Estudos que incluíram pacientes com terapia de reposição hormonal, tamoxifeno ou inibidores de aromatase foram excluídos. O risco relativo global (RR) para EC / EHA foi calculado, estratificando os pacientes em dois grupos de acordo com a espessura endometrial (<11 mm e ≥ 11 mm). A heterogeneidade foi avaliada pelo cálculo de I2.

RESULTADOS:

A pesquisa identificou 289 estudos. Após exclusões, foram incluídos nove artigos que preencheram todos os critérios de inclusão, incluindo dados de 4.751 mulheres. A prevalência de câncer endometrial e / ou hiperplasia endometrial com atipia foi de 2,4%. O risco relativo de câncer endometrial e / ou hiperplasia endometrial com atipia no grupo ≥ 11 mm foi de 2,59 (IC95%: 1,66-4,05). Alta heterogeneidade foi observada entre os estudos (I2: 57,3%, P = 0,016).

CONCLUSÕES:

No geral, o risco para EC / EHA foi 2,6 vezes maior em mulheres com ET ≥ 11 mm vs mulheres com ET 5-10 mm, embora tenha havido heterogeneidade significativa nas estimativas entre os estudos

CITAÇÃO DO ARTIGO  J Clin Ultrasound. 2018 Aug 16. doi: 10.1002/jcu.22631

talvezlhe interesse

QUE TECNOLOGIA UTILIZAMOS? 

A Clínica é o hospital privado com maiores recursos tecnológicos de Espanha, tudo num único centro.

Imagen de un PET, tecnología de vanguardia en la Clínica Universidad de Navarra

OS NOSSOS
PROFISSIONAIS

Os profissionais da Clínica realizam um trabalho contínuo de investigação e formação, sempre em benefício do paciente.

Imagen profesionales de la Clínica Universidad de Navarra

RAZÕES PARA VIR
À CLÍNICA

Conheça porque é que somos diferentes em relação a outros centros sanitários. Qualidade, rapidez, comodidade e resultados.

Imagen del edificio de la Clínica Universidad de Navarra